Arquivo da tag: Companhia de Bolso

O último suspiro do mouro (Salman Rushdie)

Quando Moraes “Mouro” Zogoiby inicia seu relato, sua vida está no fim. Ele decide soltar suas amarras de todo o preconceito e contar sua história como realmente aconteceu, mesmo que às vezes seja traído por memórias e afeições antigas. A … Continuar lendo

Publicado em Literatura, Resenhas | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

O professor e o louco (Simon Winchester)

Foram 70 anos, 12 volumes, 414.825 verbetes e 1.827.306 citações ilustrativas.  A criação do Oxford English Dictionary foi o trabalho da Sociedade Filológica de Londres, resultado dos esforços de homens como Herbert Coleridge, Frederick Furnivall e  James Murray, além de … Continuar lendo

Publicado em Literatura, Resenhas | Marcado com , , , , , , , , , , , | 6 Comentários

O queijo e os vermes (Carlo Ginzburg)

Domenico Scandella, vulgo Menocchio foi um moleiro na região de Friuli, na Itália. Viveu em meados do século XVI, sabia ler e escrever, e deu um baita trabalho para a Santa Inquisição. Por quê? Porque ele sabia pensar. Carlo Ginzberg … Continuar lendo

Publicado em Literatura, Resenhas | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O visconde partido ao meio (Ítalo Calvino)

“Às vezes a gente se imagina incompleto e é apenas jovem“. – O visconde partido ao meio, p. 95 Ítalo Calvino é um autor que me atraiu às avessas. Meu primeiro contato com ele foi com uma adaptação teatral de “O … Continuar lendo

Publicado em Literatura, Resenhas | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário