A Song of Ice and Fire (George R. R. Martin): Starks

Os Starks de Winterfell são os senhores do Norte. Seu brasão é um lobo gigante (direwolf) cinza num campo branco como a neve. Seu lema é “O Inverno está chegando” (Winter is coming), e possuem uma arma ancestral, chamada de Gelo (Ice), uma grande espada de aço valiriano. Na época em que os Sete Reinos eram efetivamente sete, os Starks governavam o reino do Norte e,  quando seu ancestral Torrhen jurou fidelidade a Aegon o Conquistador, tornaram-se Guardiões do Norte.

Se diz que os Starks são descendentes dos Primeiros Homens (First Men), e sua linhagem conta com Bran o Construtor, assim chamado por ter construído a Muralha, Winterfell e Storm’s End. Cultuam os deuses antigos, e é em suas terras que, ao sul da Muralha, mais se vêem as árvores sagradas (weirwoods). Têm também um longo histórico como membros da Patrulha da Noite, onde encontramos Benjen Stark no início da saga, e onde Jon Snow se encontra.

No início da saga, a família Stark é chefiada por Eddard, um homem honrado e fiel a seus princípios, às últimas consequências. Apesar de um homem forte e sisudo, Eddard ama sua família, e é por ela amado. Seus seis filhos o têm como modelo de conduta, e sua esposa Catelyn é a ele devotada. É ainda grande amigo de Robert Baratheon, e foi seu braço direito na revolução que o ergueu ao trono. Sabe-se que Robert era apaixonado pela irmã de Eddard, Lyanna, de quem pouco se sabe por enquanto.

Apesar da irreprochável conduta, Eddard já se rendeu aos prazeres de uma paixão extra-conjugal, que lhe rendeu um filho, Jon Snow. Seu caráter, no entanto, fica bem demonstrado pelo fato deste filho ter sido criado pelo pai, diferente da maioria dos bastardos. Um dos ensinamentos mais marcantes de Eddard é que o homem que julga deve ser capaz de executar sua sentença. Eddard é chamado por Robert para preencher o cargo de Mão após a morte de Jon Arryn

Catelyn, originalmente uma Tully, das terras dos Rios (Riverlands) é a esposa de Eddard. Apesar de amar seu marido, não consegue perdoá-lo por sua traição, e isto se reflete na forma como trata Jon Snow. É uma mulher forte e determinada, mas um tanto impulsiva, e será responsável, mesmo que involuntariamente, por várias das mudanças na vida dos Stark. Possui belos cabelos da cor do outono e belos olhos, traços que passou a quase todos os seus filhos. Reza pela Fé dos Sete, mas respeita o credo de seu marido.

Robb é o filho mais velho de Eddard e Catelyn, tem um talento natural para as armas e estratégia, e desde novo frequenta as reuniões entre seu pai e seus vassalos. Possui uma personalidade um pouco sombria, mas ainda que pareça mais velho que sua idade, algumas atitudes fazem lembrar que ele ainda é um garoto de 14 anos no início da série. Criou um vínculo de amizade muito forte com Theon Greyjoy, que está “hospedado” em suas terras para garantir a lealdade das Ilhas de Ferro ao Trono de Ferro, e com Jon Snow. Assume as responsabilidades da casa enquanto seu pai atende o Rei como sua Mão. A maior parte de seus feitos são relatados pelo ponto de vista de Catelyn. Seu lobo gigante é chamado de Grey Wind.

Sansa: A filha mais velha do casal Eddard e Catelyn. De beleza impressionante, esta garota de 11 anos (no início da saga) é uma típica adolescente. Se preocupa muito com o que as pessoas vestem ou pensam, tem uma preocupação muito grande com seus modos e seu comportamento, e se apaixona perdidamente por Joffrey Baratheon quando este visita Winterfell pela primeira vez. É a aluna preferida da Septã Mordane, por seu talento com as agulhas e modos à mesa. É um contraponto à irmã Arya, e muito obediente. Ao longo da trama podemos ver seu amadurecimento, mas ver o mundo pelos olhos de Sansa é ver o mundo de canções e lendas de cavaleiros e cavalheiros.  Não é à toa que sua loba gigante foi batizada de Lady.

Já Arya não nasceu para ser uma dama. Dos filhos legítimos de Eddard, é a única que herdou seus traços, um rosto sisudo e cabelos castanhos, permanentemente emaranhados. De personalidade forte e arisca, Arya gosta mesmo é das brincadeiras de meninos, ou seja, lutar, se aventurar no mato, se esconder. Tem um certo talento com espadas, e é bastante persistente e teimosa quando está aprendendo algo que a interessa. No entanto é um tanto arredia quando a tratam como uma daminha. Tem 9 anos no início da saga, uma menina magra e ativa. Várias vezes é confundida com um garoto, por conta de seu comportamento. Uma das personagens mais interessantes do livro, na minha opinião. Nutre um carinho especial por seu meio-irmão Jon Snow, de quem ganha Agulha (Needle), sua espada. Seu lobo gigante chama-se Nymeria.

Brandon, mais conhecido como Bran  tem sete anos no início da série, e é um escalador nato. Ou era, até sofrer um acidente que o deixará paralítico. Uma criança ativa e inteligente, preocupado em não parecer criança, afinal “já é quase um homem”. É através dos ensinamentos que Bran recebe de  Meistre Luwin que conhecemos a história da família. Bran gosta também das histórias assustadoras que sua governanta Velha Nan (Old Nan) conta sobre as crianças da floresta e os Outros. É querido por todos e amigo de várias crianças das “classes mais  baixas”. Entre seus amigos mais queridos está Hodor, o simplório cavalariço que só possui uma palavra em seu vocabulário: “hodor”.  Tem uma ligação mais do que especial com seu lobo gigante Summer.

Rickon, o mais novo dos Stark, tem apenas 3 anos quando a saga começa. Os acontecimentos fazem com que sua criação seja um tanto negligenciada, e ele demonstra ser um garoto arredio e teimoso, muitas vezes até irascível. Mas é seu lobo gigante Shaggydog que demonstra a maior parte destas características.

Finalmente, Jon Snow, um garoto de 14 anos, um bastardo que carrega em si os traços do pai. Sofre silenciosamente o desprezo de Catelyn, ama incondicionalmente seu pai, e gostaria de conhecer sua mãe, de quem nem mesmo o nome sabe. É um bom irmão e possui uma forte ligação com todos, mas especialmente Arya, com quem compartilha os cabelos castanhos e as feições sisudas. Tem aguda consciência de sua condição, e deseja se transformar em Patrulheiro da Noite como seu tio Benjen. É o mais sábio dos filhos de Eddard, e dele herdou também o senso de honra e dever. Seu lobo gigante é o silenciodo Ghost, branco de olhos vermelhos.

Baseada nos York, a família Stark é uma das mais importantes para a série, e quase todos seus personagens tem seus pontos de vista ativos na saga. Dos citados aqui, apenas Benjen, Robb e Rickon não têm sua história contada a partir de seu próprio ponto de vista. Semana que vem falarei de seus rivais, os Lannister.

Anúncios

Sobre Clarisse

Uma menina com histórias pra contar...
Esse post foi publicado em A Game of Thrones, Literatura e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para A Song of Ice and Fire (George R. R. Martin): Starks

  1. JLM disse:

    até agora é o texto com + erros q vc já escreveu. nada q uma relida ñ resolva.

    e eu colocaria os nomes dos lobos em português, pois todos foram traduzidos.

  2. Müller disse:

    O nome do Rickon é cão felpudo, do Bran é Verão, da Arya é Nymeria, da Sansa é Lady, do Jon é Fantasma e do Robb é o Vento cinzento.

    Estou lendo 4° em inglês agora =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s