A Song of Ice and Fire (George R. R. Martin): A Patrulha da Noite

Se prestarmos atenção ao mapa de Westeros, notamos que ele é significativamente semelhante ao mapa da Inglaterra. A Muralha, ao norte, é seu limite, e além dele vivem os selvagens, bestas míticas e os Outros, ainda que muitos duvidem de sua existência. A Muralha é construída de pedra e gelo, possui uma altura de 700 pés (mais ou menos 214 metros) e é protegida pela chamada Patrulha da Noite (Night’s Watch), uma das ordens mais antigas dos Sete Reinos que formam Westeros.

Tanto a muralha quanto a Patrulha da Noite têm inspirações claras na história. A Patrulha é levemente inspirada nos Cavaleiros Templários, e a Muralha é uma referência clara à chamada Muralha de Adriano, que separava a fronteira do Império Romano na Inglaterra dos povos bárbaros (escoceses, em sua maioria).

Segundo os livros, a Patrulha foi criada há mais de 8.000 anos da data onde a aventura acontece, num período conhecido como A Longa Noite. A Muralha foi construída por Brandon, o Construtor (um Stark), com o fim de preservar o reinado dos homens. Os Outros atacaram um dos Lordes Comandantes da Patrulha, mas fora isso nunca atacaram a Muralha. Os maiores ataques são dos selvagens (wildlings), que durante a saga são chefiados por um desertor da Patrulha, Mance Rayder.

Com os anos, o interesse pela ordem decresceu constantemente, e quando a saga começa ela não passa de uma sombra de seus melhores dias. A maior parte dos recrutas é retirada das masmorras ou inimigos de guerra. “Os Outros” ganharam o status de lenda, e apenas o Norte ainda se preocupa com sua manutenção. É esta a Patrulha da Noite que Jon Snow encontra quando decide fazer parte da Irmandade.

Organização: A Patrulha da Noite se divide em três grupos: Construtores (Builders), Intendentes (Stewards) e Patrulheiros (Rangers). Construtores são responsáveis pela manutenção da Muralha, seus castelos e equipamento. São liderados pelo primeiro Construtor; os Intendentes cuidam da administração da Muralha, como comidas, mensagens, armas, estoques, e são liderados pelo Lorde Intendente. Já os Patrulheiros são responsáveis pelo braço militar da Ordem. Eles são os guerreiros, batedores e fazem a patrulha da Floresta Assombrada (Haunted Forest). São liderados pelo Primeiro Patrulheiro, papel que cabe a Benjen Stark no início da saga.

O comando geral cabe ao Lorde Comandante (Lord Commander), que no início da saga é o Lorde Jeor Mormont, conhecido como o Velho Urso (The Old Bear). Ele é o 997º Lorde Comandante. Qualquer irmão da ordem dos Patrulheiros da Noite pode se tornar Lorde Comandante. O cargo é vitalício (assim como o juramento) e a escolha é feita democraticamente, através de votação. A Patrulha da Noite é uma meritocracia, logo o nome e posição no mundo exterior são de pouca valia.

Entrada: Antes da entrada da ordem, há um período de treinamento durante o qual o recruta é livre para deixar a Muralha. Uma vez ditos os votos – diante dos deuses, velhos ou novos – porém, a deserção é punida pela morte. Uma vez ditos os votos, o homem se torna um irmão da ordem, e assume um compromisso pela vida, de não ter esposa, terras, filhos ou glória, a fim de defender o reinado do mundo dos homens. Os votos são:

Night gathers, and now my watch begins. It shall not end until my death. I shall take no wife, hold no lands, father no children. I shall wear no crowns and win no glory. I shall live and die at my post. I am the sword in the darkness. I am the watcher on the walls. I am the fire that burns against the cold, the light that brings the dawn, the horn that wakes the sleepers, the shield that guards the realms of men. I pledge my life and honor to the Night’s Watch, for this night and all nights to come.

A noite chega, e agora meu turno começou. Ele não deve terminar até minha morte. Eu não terei esposa, terras e não serei pai de nenhuma criança. Não utilizarei coroas ou terei glória. Eu devo viver e morrer no meu posto. Eu sou a espada na escuridão, Sou o patrulheiro nos muros. Eu sou o fogo que queima contra o frio, a luz que traz a aurora, o chifre que acorda os dormentes, o escudo que guarda os reinos dos homens. Eu dou minha vida e honra à Patrulha da Noite, por esta noite e todas as noites por vir” (tradução livre, minha)

Os Homens da Patrulha da Noite utilizam o negro em vestimenta e insígnia. Por este motivo são conhecidos por Irmãos Negros, ou depreciativamente apelidados de “corvos”.

Castelos: A Patrulha da Noite controla 19 castelos ao longo da Muralha. Nos anos em que se passa a saga, no entanto, poucos destes castelos tem guarnições. Muitos destes castelos se deterioraram e são hoje ruínas. Os castelos de Shadow Tower, Castle Black e Eastwatch são os únicos guarnecidos, e há planos de guarnecer novamente o Nightfort. Os nomes dos Castelos de oeste para leste, em inglês, são: Westwatch, Shadow Tower, Sentinel Stand, Greyguard, Stonedoor, Hoarfrost Hill, Icemark, Nightfort, Deep Lake, Queensgate, Castle Black, Oakenshield, Woodswatch, Sable Hall, Rimegate, Long Barrow, Torches, Greenguard, Eastwatch (by the sea).

Além dos Castelos, a Patrulha da Noite conta com 50 léguas de terras entre a Muralha e Westeros. Estas terras são conhecidas como Presente e Novo Presente, e foram dados pelo rei Brandon Stark e pela rainha Alysanne, esposa do rei Jaehaerys, o Conciliador. Hoje são terras desoladas pela ação dos selvagens.

Semana que vem falaremos dos Dothraki, seus títulos, maneiras e costumes. Até lá!

P.S. Como li os livro em inglês, alguns nomes podem ter sido traduzidos erroneamente. Sintam-se à vontade para corrigir-me.

Anúncios

Sobre Clarisse

Uma menina com histórias pra contar...
Esse post foi publicado em A Game of Thrones e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A Song of Ice and Fire (George R. R. Martin): A Patrulha da Noite

  1. jlm disse:

    vale lembrar 2 detalhes:

    1. aos criminosos punidos com penas capitais geralmente era dada uma chance d viverem caso optassem d livre e espontânea pressão vestir o negro.

    2. os q ingressassem na ordem deveriam abandonar famílias, títulos e terras. mesmo q membros de sua casa estivessem em perigo, abandonar a muralha para ajudá-los seria considerado deserção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s