La boîte à pensées: Ne le dis à personne et d'autres vidéos.

E no fim das contas, as indicações foram muitas, mas meu acesso às obras foi restrito. Escolhi então o filme que tinha à disposição em casa. Este filme me chamou a atenção pela primeira vez por força de sua trilha sonora (composta por meu artista francês favorito, -M-). Comprei o DVD ano passado e..bem…. ele ficou para um momento melhor, em que eu pudesse ver sozinha, e acabou ficando meio esquecido. Finalmente, inspirada pela montagem da minha lista da coluna passada, criei tempo para me dedicar a  Ne Le Dis à Personne, filme do ator, roteirista e diretor Guillaume Canet, baseado na obra de Harlan Coben.

Devia ter visto antes, realmente. Num filme em que nada é o que parece, Alex Beck sofre pela perda de sua mulher já há oito anos, quando a polícia resolve colocá-lo como principal suspeito de seu assassinato. Ao mesmo tempo, Alex começa a receber mensagens cifradas que o levam a crer que sua esposa não morreu. É, não posso falar muito mais do que isso, mas é daqueles filmes de aventura/crime, com cenas WTF e cenas cotidianas, num ritmo frenético que termina com algumas pontas soltas, como todo bom filme francês recente. Canet faz seu papel no filme, de poucas palavras, estilo Quentin Tarantino (ou Hitchcock). A trilha sonora é muito boa, bem casada com os momentos e realmente importante para a trama. Para um diretor tão novo, o trabalho é muito bom, de verdade. Vamos ver se consigo ver um filme por mês e fazer um parágrafo aqui por coluna. É uma boa maneira de fazer imersão no idioma.

E por falar em imersão, quero compartilhar desta vez os milhares de vídeos de humoristas franceses que venho assistindo nos últimos meses. Não são realmente inéditos para o público brasileiro, que tem o Furo MTV, Felipe Neto, Marcelo Adnet, Hermes e Renato, Casseta e Planeta e tantos outros programas de humor. Muda mais a linguagem, o jeitinho de apresentar o tópico. E é uma excelente maneira de sair do francês acadêmico, e treinar o ouvido para o francês dos jovens. Como acontece por aqui, parece que todos se conhecem, então não se assustem se aparecer um figura no vídeo do outro, ou nas músicas. Assim como aconteceu por aqui, esses rapazes surgiram da internet, e foram descobertos pelas mídias mais tradicionais. Isso não tira o talento ou o carisma deles. Use os links para achar os vídeos ou o twitter do pessoal.

Comecemos com o Furo MTV de lá. É um webjornal diário, de mais ou menos 5 minutos de duração, no qual as principais notícias são as bizarras. Chama-se Le Rewind, é apresentado (hoje) por Sam Robbé, com o apoio de Julien Ménielle e Romain Vitiello. É apresentado pelo jornal (sério) 20minutes.fr. A química entre os três é ótima, e a maneira de apresentar as notícias, senão criativa, é altamente divertida. Me faz ter vontade de chegar logo em casa para ver o que eles aprontaram dessa vez.

Antes de Sam, Le Rewind era apresentado por Cyprien IOV, vulgo Monsieur Dream. De lá foi apresentar o 12Infos no JT, mais ou menos no mesmo estilo. Ele continua trabalhando para o canal, embora não mais para o 12Infos, e mantém um blog com seus vídeos independentes: o Cyprien.fr. Os vídeos solo são no estilo Felipe Neto: um cara, uma câmera e assuntos polêmicos. Cyprien (e Norman, e Hugo e Marc) no entanto, usam mais recursos humorísticos do que o famoso jeito irritado do personagem de Felipe. Fazem personagens, vozes, trocam de figurino, às vezes mesmo se juntam para uma paródia ou uma música, como a Cinq Étoiles ou Lendemains Difficiles.

Norman, Hugo e Marc (ou Cowboy, Kiwi e Kemar) formam o le Velcrou. O Velcrou faz humor de sketchs, pequenas web-séries e paródias, as cada um de seus integrantes tem projetos solo.  Deles, o meu preferido é o NormanFaitDesVideos com seu sotaque Ch’ti, mas HugoToutSeul Kemar também têm seu charme. O humor mais escrachado fica por conta do 10 minutes à perdre de Gaël e Baptiste, ou com o Palmashow, e seu Very Bad Blagues, que eu costumo comparar ao 10 coisas que não se deve fazer, do Michael Kessler.

Claro que eu me estendi mais do que o necessário. Se você tiver alguma dica para mim, deixa um comentário! (Ó! rimou!)

COMENTE ESTE ARTIGO NO FÓRUM MEIA PALAVRA

Anúncios

Sobre Clarisse

Uma menina com histórias pra contar...
Esse post foi publicado em La boîte à Pensées e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s