Clarice, (Benjamin Moser)

Leitura obrigatória de vestibular, musa da internet,  onipresente no Twitter. E um mistério. Assim Clarice é conhecida entre os internautas da minha geração. É a maior representante feminina da Literatura Brasileira do século XX. Diz-se dela que conseguiu captar verdadeiramente a alma feminina. Era uma mulher linda, elegante, culta. Mas era também um tanto arisca e selvagem. Conseguiu criar para si uma aura mística, que a aproximava mais da lenda do que ao ser humano. São tantas as facetas desta mulher que é quase surpreendente o fato de ela ter recebido uma biografia tão constante e coerente.

Benjamin Moser – que entrevistamos aqui – americano, buscava demonstrar ao mundo a beleza da vida e da obra desta brasileira extraordinária. Combinando a cronologia da história de Clarice à História dos lugares por onde passou e uma fina análise de sua obra, o autor não atinge apenas seu objetivo primário, mas abre a possibilidade para que brasileiros como nós entremos novamente em contato com a vibrante obra e personalidade desta escritora. Seu texto é envolvente, sem excessos de citações ou informações irrelevantes, e a falta de fotos – um clássico nas biografias – é substituída por sua excelente qualidade descritiva.

Em Clarice, , encontramos uma análise excepcionalmente sutil da obra de Clarice Lispector. O autor é capaz de notar, lendo em português como segundo idioma, de notar o estrangeirismo característico de sua obra, esta nota de estranheza que a torna única. Suas relações entre a obra e e a vida da escritora é também notável. Não apenas as relações entre os acontecimentos marcantes de sua vida que se transformaram em aspectos marcantes em sua obra, mas também no que a influenciou intelectualmente.

Satisfazendo meu padrão de boas biografias de escritores, Clarice, também funciona como um excelente guia de leitura da autora, uma visão bastante única e introspectiva de sua obra, à luz de sua vida. O contexto histórico de sua chegada ao Brasil, sua insistência em se considerar brasileira, a vida difícil que levaram seus pais, a dor e as cicatrizes psicológicas trazidas pela morte de sua mãe, assim como sua admiração por Spinoza, sua busca pela leitura dos livros de autores aos quais fora comparada, sua tendência amoral e selvagem, tudo está intimamente ligado à sua obra

Mas, mais que analisar sua obra, Benjamin Moser, mostra-nos o lado humano desta lenda. Traz de volta à Terra Clarice Lispector, esta criatura que parecia ter vindo de um mundo onírico, dá-lhe cor, raízes, realidade. Com a ajuda de familiares e amigos da escritora, monta um quebra-cabeças complexo e fascinante, numa linguagem clara e acessível, nos apresenta a Clarice mulher, com dúvidas, medos e preocupações prosaicas, como a qualidade da edição de sua obra. É Clarice como vista por seus círculos mais íntimos, trazida à luz num livro para manter na cabeceira.

Clarice,

Autor: Benjamin Moser

Tradução: Jose Geraldo Couto

752 Páginas

Preço sugerido R$ 29,90

Versão Pocket

 

Saiba mais sobre essa e outras obras no site da Editora Cosac Naify

DISCUTA ESSE ARTIGO NO FÓRUM MEIA PALAVRA

 

Anúncios

Sobre Clarisse

Uma menina com histórias pra contar...
Esse post foi publicado em Biografias, Literatura, Resenhas e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Clarice, (Benjamin Moser)

  1. Jair disse:

    Perfeito. É um dos melhores livros que li neste ano (faz duas semanas que finalizei a leitura). Dentre tantas coisas que aprendi a respeito de Clarice Lispector, uma das mais engraçadas é que ela dava nomes curiosos aos seus aninais. Nunca mais vou me esquecer que ela teve um cachorro chamado Dilermando.

  2. Maira Ramos disse:

    Quero muito ler esse livro! Clarice deixou uma legião de fãs que nem deviarde dar conta. Ela eh necessária!

  3. daiana disse:

    As vezes eu me sinto seus conflitos como seu eu estivesse inigmaticamente dentro deles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s