Onde foi parar nosso tempo? (Alberto Villas)

“Onde foi parar nosso tempo?”  foi um a compra de impulso, que me ganhou pelo prefácio (na orelha do livro) de Ignácio Loyola Brandão, e por sua quarta capa, mais do que pelo nome. É rico em detalhes do cotidiano, mesmo que de alguns anos atrás. É prato cheio para antropólogos. É também um livro leve, de humor bem dosado, e textos no comprimento exato para nossa sociedade de consumo fast-food. Segue à risca o conselho daquele professor do Quintana que disse que nada que tenha mais de uma página vale a pena ser lido. E ainda é ilustrado! Mas não foi isso que me agradou em “Onde foi parar nosso tempo:

Alberto Villas, mineiro, usa as crônicas curtas para nos lembrar que houve um tempo em que as pessoas tinham tempo para degelar a geladeira, passar a tarde comendo frutas na varanda de casa, apontar lápis com faca, lavar roupa na mão, a TV não tinha controle remoto, linha telefônica era um bem de família, o Toddy não era instantâneo, refrigerante tinha cascoe outras tantas coisas que marcaram sua infância. Fala disso sem qualquer tipo de julgamento, como simples memórias e um questionamento: “Onde foi parar o tempo que a gente gastava fazendo isso?”.

O bom humor e a linguagem altamente coloquial, como bons causos mineiros, falaram alto comigo, que também tenho família mineira, e também tive tempo para como esquentar comida no fogão, me lambuzar com frutas no quintal, lavar coador de café e  escrever cartas . Foi uma experiência bastante pessoal, que me lembra verão na casa da minha vó.

Mas, mesmo assim, acho recomendável a todos, por vários motivos: 1) Se acha que está ficando velho, serve como um pouquinho de nostalgia, ou para lembrar que você não está tão velho assim. 2) Se quando nasceu, já existia telefone celular e internet, serve para comprovar que as pessoas viviam (e bem) sem eles também, 3) Para analisar se a gente realmente está tão sem tempo assim, 4) Para ficar feliz por não ter mais de lavar as fraldas de pano do bebê. 5) Para dar risadas com as gravuras das propagandas dos anos 50/60, que são ao mesmo tempo lindas e hilárias e 6) Para perguntar para os pais (ou avós), se tudo aquilo é mesmo verdade.

Título: Onde foi parar nosso tempo?
Autor: Alberto Villas
Editora: Globo
Genero: Crônica
Páginas: 224
Preço sugerido: R$ 34,90

COMENTE ESTE ARTIGO NO FÓRUM MEIA PALAVRA

Anúncios

Sobre Clarisse

Uma menina com histórias pra contar...
Esse post foi publicado em Literatura, Resenhas e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Onde foi parar nosso tempo? (Alberto Villas)

  1. alberto villas disse:

    Que bom que você gostou do livro. Além do seu texto, fiquei feliz hoje ao saber que o livro já foi pra segunda edição. Para 2011 estou preparando o “Pequeno Dicionário Brasileiro Ilustrado da Língua Morta”
    Abraço.
    Alberto Villas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s