A Suíte Elefanta (Paul Theroux)

suite elefantaEis um livro difícil de falar sobre, sem entregar demais da história. E, apesar disso, só mesmo lendo para ter uma ideia completa do que ele trata.

É uma reunião de três histórias – longas para um conto, curtas para um romance – levemente entrelaçadas, que mostram basicamente o grau de inadequação de um turista numa terra estranha, ou mesmo exótica: a Índia.

Mais que relatos de viagem, Paul Theroux consegue transpirar em suas páginas uma Índia pungente, de relações ilícitas, de sexo, de dinheiro, de espiritualidade, de capitalismo, de disputas religiosas, santa e impura. E o faz muito bem. Como ocidental, me senti amiúde chocada com algumas descrições, um pouco reais demais, um pouco sujas, um pouco rotas. Também tive a sensação de ter perdido alguma coisa, que só uma releitura me trará. Ou conhecer a Índia.

Só para deixá-los com um gostinho de “quero mais”, segue uma breve ideia dos relatos ali contidos: Na primeira história, conhecemos um casal de meia idade, passando férias prolongadas num spa localizado numa montanha, ao mesmo tempo entranhado e escondido da Índia das multidões e maus cheiros, descobrindo mais sobre si mesmos, e sobre seus desejos.

Já no segundo relato, conhecemos um advogado americano que se descobre apaixonado pelo país após conhecer uma prostituta no Portal da Índia. Desde então, passa a se entranhar cada vez mais nos costumes do local, num caminho sem volta.

O terceiro conto, meu preferido, se passa através dos olhos de uma estudante que vai com a amiga passar férias em Bangalore. Sua “amiga” a deixa no meio da viagem para ficar com um novo”amor”. Ela parte sozinha numa aventura que mostra bem o choque entre a Índia ocidentalizada, com seus call-centers americanizados e terceirizações e a espiritual, de ashrams e gurus. Adquire uma devoção por Ganesh, alimentada pela convivência com um casal de camponeses que cuidam de um elefante (hathi) ao qual ela se afeiçoa. A garota é violentada pelo indiano e a comunidade toda pede que ela o perdoe…chocante

Cada personagem é construído cuidadosamente, tão profundos que você se condói ou se irrita com eles a ponto de gritar, chorar, e conversar com o livro. Tão bem construídos, diga-se de passagem, quanto os cenários, que fogem de todos os clichês sobre o país, mesmo quando fala desses clichês – como um país cheio de gente dividido entre a cultura ocidental e a oriental.

A Suíte Elefanta (Paul Theroux)

Ficção

ISBN 9788560281534

304 páginas

R$ 44,90

COMENTE ESTE ARTIGO NO FÓRUM MEIA PALAVRA

Anúncios

Sobre Clarisse

Uma menina com histórias pra contar...
Esse post foi publicado em Resenhas e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s