Os Espiões (Luis Fernando Verissimo)

os-espioesConsiderado pelo autor seu primeiro romance – o primeiro escrito por vontade própria, ao menos – “Os Espiões” é praticamente um metalivro. Escrito em primeira pessoa, por um personagem funcionário de uma editora, a história é construída em torno de um manuscrito escrito em letras trêmulas, cujo título é Ariadne. Com uma florzinha no lugar do pingo no i.

O editor, um bêbado inveterado, que sofre da síndrome da segunda-feira, logo se vê intrigado por um texto em prosa, sem vírgulas e com uns poucos erros de grafia, que mais parece uma carta de suicídio e, além de indicar o livro para seu chefe, resolve descobrir quem é a autora do livro, e sua história. Apaixonado por John Le Carré, o protagonista leva a história de Ariadne para a mesa de bar, onde se inicia uma verdadeira missão de salvamento. A Operação Teseu. E isso é o máximo que posso falar sobre a história sem estragar as várias surpresas que o LFV deixou no texto.

Me agradou, principalmente, a maneira como ele constrói a história de Ariadne, se apoiando em algumas boas frases, as referências ao mito grego, a obsessão do editor por um texto e uma foto, bem como sua mudança de comportamento e de hábitos por conta disso. É um livro repleto de detalhes, todos eles importantes.

Extrapolando um pouco, esta obra fala da obsessão do leitor, que se vê preso à linha de Ariadne no caminho inverso, para dentro do labirinto. Fala do encanto que a palavra escrita causa em nós, leitores obsessivos, e de como, às vezes, vamos muito além do que está escrito e imaginamos uma infinidade de “E se…”, como todas as variações possíveis. E como seria se levássemos um desses “E se…” às ultimas consequencias.

E tudo bem, eu confesso. A resenha de hoje é um relato de fã. Incondicional. Desde a primeira crônica. E para comemorar que esse ano eu conheci -ainda que timidamente – o grande Luis Fernando Verissimo.

Os Espiões (Luis Fernando Verissimo)

Editora Objetiva (selo Alfaguara)

Ficção

ISBN 9788560281992

144 páginas

R$ 31,90

COMENTE ESTE ARTIGO NO FÓRUM DO MEIA PALAVRA

Anúncios

Sobre Clarisse

Uma menina com histórias pra contar...
Esse post foi publicado em Resenhas e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Os Espiões (Luis Fernando Verissimo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s